Para a terça-feira, dia 31 de outubro, o Cine Vila preparou uma curadoria de filmes dedicada às relações, trocas culturais, memórias e imaginários disputas que envolvem os povos da Comunidade de País de Língua Portuguesa. A Sessão Além Mar do Projeto Cine Vila faz parte do Programa Territórios Culturais RJ / Favela Criativa, da Secretaria de Estado de Cultura em parceria com a Light e a Agência Nacional de Energia Elétrica.

Na sessão de outubro será exibido o longa documentário Do outro lado do Atlântico (2015) de Daniele Ellery e Márcio Câmara, que trata da ponte entre Brasil e África por meio das histórias de vida de estudantes de países africanos de língua oficial portuguesa em diferentes universidades do Brasil; e o curta Olhares/Africanidades (2012) de João Pedro Diaz, Luã Leal e Sérgio Junior, que fala sobre as perspectivas dos brasileiros sobre a África.

O Cine Vila inclui na programação a exposição fotográfica do projeto Nossa Língua e uma roda de conversa pós-exibição entre público e realizadores, com a presença do diretor Márcio Câmara e dos diretores Sérgio Junior e João Pedro Diaz.

Serviço

[Evento Gratuito]

Data: 31 de outubro

Hora: 19h às 23h

Local: Praça Tobias Barreto, Vila Isabel – Rio de Janeiro, RJ.

Sinopse dos filmes:

OLHARES/AFRICANIDADES 20’ (2012)

Quais as perspectivas de brasileiros sobre a África?
Partindo do Morro da Baiana, passando pelos bairros de Ramos e Bonsucesso, o documentário realiza um passeio que coleta olhares para refletir quais as imagens que os brasileiros têm da África. Dona Eunice, membro da Velha Guarda da Imperatriz Leopoldinense, será a condutora nessa narrativa que unirá desde a escola de samba até a escola municipal, onde se encontra a Professora Patrícia, responsável pela caracterização do ensino sobre África nos bancos escolares hoje.
Entrecruzando formas de ver, sentir e narrar a África, o documentário “Olhares/Africanidades” promove um voo panorâmico para explorar algumas interpretações de brasileiros sobre o continente africano.

DO OUTRO LADO DO ATLÂNTICO 90′ (2015)

Estudantes africanos de países de língua oficial portuguesa que estudam ou estudaram no Brasil contam suas histórias de partidas e regressos, encontros e desencontros de ideias, percursos, desejos e sonhos.